segunda-feira, 27 de julho de 2009

Amor em cena.








Como uma bailarina
Me elevo nas pontas dos pés
Meus olhos alcançam longe
Rodopio ao som do silêncio

Espero.

Mãos fortes me erguem.
Saio do chão!
Breve,
caminharei com passos firmes.


Você permanece
no fosso do palco da minha vida.
Sei que ainda vou saltar
e cair nos teus braços.

Enquanto descem as cortinas.



Etelvina de Oliveira
Publicado no Recanto das Letras em 26/09/2008
Código do texto: T1197272

imagem: , site: www.google.com.br

23 comentários:

Vivian disse...

...ahhhh que lindo este
teu cantinho poético!

muahhhhhhh, doce bailarina
das palavras dançantes!

A.S. disse...

Lindoooo...!!!!!

Quando descem as cortinas, abrem-se todos os desejos!


Beijos...

Bandys disse...

Menina,
E quando descerem as cortinas que esses braços te acolham apaixonadamente..

Eu sou uma eterna apaixonada pela vida, por isso sou uma aprendiz sempre. rsss

Beijos e uma semana de muita luz!!

♥ ♥ Rabiscando disse...

Lindo poema de amor e o melhor vem qdo descem as cortinas.

beijos!

Everson Russo disse...

E que consigamos sempre os passos e a harmonia perfeita nesse eterno bale da vida...beijs e um lindo dia...

Uma aprendiz disse...

Oi, Vivian

seja bem vinda, volte mais vezes.

beijos

Uma aprendiz disse...

A,S.

Obrigada pela visita, volte mais vezes.

Adoro novas amizades.

beijos

Uma aprendiz disse...

Deus te ouça, Bandys kkkk

espero por isso.

beijos

Uma aprendiz disse...

Dizem isso, Rabiscando

estou no aguardo kkkkkkkkkkkkkk


beijos

Uma aprendiz disse...

Obrigada Everson

tudo de bom pra você.

beijos

A Magia da Noite disse...

que exista sempre um anjo que te ampare a queda.

Uma aprendiz disse...

Oi, Magia


que bom que veio, volte mais vezes.

Obrigada pela visita e pelo comentario.


beijo

Luiz Caio disse...

Oi Etelvina! Como vai?

Um novo lugar para se falar de amor... Novo e belo!
E belo é o poema!

TENHA UMA LINDA TARDE!

BEIJOS.

Uma aprendiz disse...

Obrigada, Caio

que bom que veio. Volte mais vezes.


BEIJOS

Ava disse...

Etel!!!

Que belo!

A imagem a que voce me remeteu...

Um fosso... ele... cair de braçaos abertos...

E as cortinas continuam a baixar... e o público aplaude...


Ah! Que bela poesia o amor faz!


Beijos e carinhos!

Uma aprendiz disse...

OI, Avaaaaaaaaaaaa

Há quanto tempo!
Pensei que tivesse me esquecido. kkkk

Adoro suas visitas.

um grande beijo

♥ ♥ Rabiscando disse...

Vim te deixar o Selo Amigo, está na lateral do blog e gostaria q vc aceitasse.

beijos!

♥ ♥

Uma aprendiz disse...

Obrigada, querida, vou lá ver.

beijos

Everson Russo disse...

Um dia muito lindo de paz e poesia pra voce querida,,,beijos

Uma aprendiz disse...

Obrigada, meu amigo.

Uma sexta linda pra ti

beijos

O Sibarita disse...

Em sendo assim... A essa altura pulou ou não? kkkkkkkkkkk


Eita que a moça ta esrevendo muito!

bjs
O Sibarita

Uma aprendiz disse...

Pode parar, seu moço.

Você é que é o poeta.


beijos

Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny