sábado, 1 de agosto de 2009

Nosso amor.



Sob a luz do luar
somos crianças travessas
que surgem na janela

Nossos gestos e sons
revelam segredos
que tingem de cores a vida

Como contê-las?

Soltem os fogos
estourem os balões
façamos festa

Ai de nós!
Que provamos de tão
doce veneno


Etelvina de Oliveira
Publicado no Recanto das Letras em 28/10/08
Código do texto: T1250828

imagem: www.google.com.br

16 comentários:

Sandra disse...

Retribuindo a sua visita.
Lindo poema.
Eu estou indo de coletivo e vc??
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
te espero lá.
Sandra

Sandra disse...

Com certeza, sob a luz do luar somos crianças travessas.
E é tão bom ser criança.
Tudo fica mais leve.
sandra

Everson Russo disse...

Como é gostoso sonhar, amar e descrever todo esse amor sob a luz do luar..belissimo poema...beijos carinhosos, otima noite e um lindo domingo pra ti.

Majoli disse...

Minha amiga, estás como eu a sonhar em noites lindas de luar.
Eu viro uma criança quando fico a namorar com a lua lá no meu quintal...
Que esses nossos sonhos se tornem reais o quanto antes.
Que o amor venha pra ficar.

Lindo poema.

Beijos no seu coração.

intervalo disse...

Bom dia...lindo domingo prá vc!

Ai de nós!
Que provamos de tão
doce veneno


Etelvina de Oliveira escreve maravilhas,e vc tem bom gosto sempre.beijosss

Unseen Rajasthan disse...

Beautiful post..This is so lovely..Thanks for sharing..Unseen Rajasthan

Uma aprendiz disse...

Obrigada, Sandra, pela vista.

Uma aprendiz disse...

Que nós nunca venhamos a deixar de ser crianças.


beijos, Sandra

Uma aprendiz disse...

Obrigada, Everson, pelo carinho.

uma ótima semana pra ti.

beijos

Uma aprendiz disse...

Amém, Majoli

que os anjos te ouçam.


beijos e uma ótima semana pra vc

Uma aprendiz disse...

Oi, amiga


só posso agradecer pela gentileza dos seus comentarios.

beijos, Intervalo

Everson Russo disse...

Otima semana pra ti querida...beijos

Uma aprendiz disse...

Oi, moço

obrigada pela visita. Volte sempre!

Que chique, hein? Adorei.

beijos e uma ótima semana.

Uma aprendiz disse...

Obrigada, Everson.

beijos

O Sibarita disse...

Xiiii... kkk Provou doce veneno, foi? kkkkkk

Ser criança é tão porreta...

bjs
O Sibarita

Uma aprendiz disse...

E como é, Sibarita.

Até esquecemos a idade que temos.

beijos