segunda-feira, 28 de junho de 2010

Senti saudade

Teu gosto
encheu minha boca
Senti
teu cheiro
Vasculhei
o passado
Reconstrui
cada detalhe
Reli
seus e-mails
Ai, ai.
Abracei
as lembranças.

28/06/2010

10 comentários:

Bandys disse...

Saudade é viver um pouco no passado,
Beijos

tossan® disse...

Foi mais ou menos isso que eu quis dizer com rugas. Entende? As rugas do corpo pouco me importam porque o caminho é o mesmo. Belo poema! Beijo

Everson Russo disse...

Saudade doi no peito,,,machuca,,,mas tambem é esperança de ver tudo outra vez...beijos de linda semana pra ti amiga.

Plenitude do Ser disse...

Oi linda...

Qto tempo não conversamos... fico feliz de voltar aqui e receber seu carinho no "Dom". As vezes o tempo não nos permite uma longa estada com os amigos, mas eles estão sempre guardadinhos na lembrança e no coração.

bjs

Manu

Uma aprendiz disse...

É isso, Bandys.

As vezes, é só o que nos resta.

beijos

Uma aprendiz disse...

Obrigada, tossan

é sempre um prazer te ler por aqui.

beijos

Uma aprendiz disse...

Sem palavras, Everson.

Só sei que dói.

beijos

Uma aprendiz disse...

Oi, Manu

consegui ativar esse blog novamente.
Nem me pergunte como.

Que bom te ler por aqui.

beijos

Rosana disse...

Olá querida...até que enfim consegui achar onde estava o poema SAUDADE...rss... Agradeço de coração a sua visita e agora que te encontrei vou sempre retribuir. Lindo poema...parece o que eu estava tentando escrever...beijoooooooo

Uma aprendiz disse...

Obrigada, Rosana

Um beijo grande.