sábado, 28 de novembro de 2009

Perdão

O que fere você
Sangra em mim
Como a foice
Que dilacera a carne
Comprime o peito
E sufoca
O que foi dito
O que foi feito
Vaza
Da minha mente
Machucando
Minha alma
O perdão
Que me dará vida
Sairá de ti
Se quiseres

28/11/09

4 comentários:

tossan® disse...

E Há de querer...Linda poesia. Muito! Beijo

Everson Russo disse...

Perão é complicado de se pedir e se dar, mas é muito bom perdoar...alivia, deixa a alma leve e serena....beijos e linda semana pra ti.

O Sibarita disse...

Dona menina, o perdão é a coisa mais bonita e perfeita que o Mestre Jesus nos deixou, nos ensinou, se ele deu perdão aos seus algozes, como nós seres imperfeitos não vamos perdoar?

Por certo, seja lá o que for, já lhe foi dado o perdão, será que não?

A poesia é muita bonita, mas, sofrida com alto grau de arrependimento, se você realmente se arrependeu e não for somente palavras, já fez a sua parte, reconheceu o que acha que foi um erro, então, por sí so já está perdoada!

Agora, é tocar o barco para lapinha, boa sorte! kkkkkk

Ai meu Deus do céu! kkkkkkk

bjs
O Sibarita

Uma aprendiz disse...

Oi, Siba

que saudades de vc meu amigo.

Saudades dos seus comentários sempre tão profundos e sinceros.

Engraçados também kkkk

beijos